Com uma visão holística leva em consideração o contexto biológico, psicológico e social, reconhecendo que a enfermidade está fortemente ligada à personalidade e à experiência de vida da pessoa, é o especialista que atende os problemas relacionados com o processo saúde-enfermidade, deforma integral, o médico de família e comunidade como pessoa, desenvolve a capacidade de conhecer-se a si mesmo, identifica seus paradigmas através da introspecção, conhece e maneja suas emoções, preconceitos e valores entre outros. Na prática, inclui a capacidade para dar conta de funções de administração, educação, docência e investigação. Está preparado para responder às demandas assistenciais em qualquer momento do ciclo de vida individual e/ ou familiar, reconhecendo ao mesmo tempo as interações que se dão na comunidade.